Acidente

Morreu segundo trabalhador soterrado em Vale de Cambra

Morreu segundo trabalhador soterrado em Vale de Cambra

Morreu um segundo trabalhador dos quatro que ficaram soterrados em consequência do desabamento da fachada de uma casa na passada sexta-feira, em Vale de Cambra.

Depois de uma primeira morte no dia do desabamento, faleceu, domingo, no hospital de Gaia, uma das vítimas que se encontrava em estado grave.

Januario Sousa, 58 anos, acabou por não resistir aos ferimentos sofridos na sexta-feira.

Aquando do desabamento da casa que se encontrava em reabilitação, ficaram soterrados quatros trabalhadores.

Dois deles conseguiram sair pelos seus próprios meios. Os outros dois foram resgatados pelas equipas de socorro.

Paulo Pinho, 46 anos, morreu no local. Januário Sousa foi transferido para o Hospital de Gaia ainda com vida, mas acabou por falecer.

Outras Notícias