Ciclismo

Volta ao Concelho de Almodôvar: a festa portuguesa do ciclismo amador

Volta ao Concelho de Almodôvar: a festa portuguesa do ciclismo amador

Organizada pela Câmara Municipal e pela Casa do Benfica, a XIV Volta ao Concelho de Almodôvar em Bicicleta, apontada como a mais importante corrida da categoria de Masters e Elites Amadores de Portugal, vai este fim de semana para a estrada.

A "Almodovarense", como é conhecida nos meios velocipédicos, a prova tem três etapas em linha, num total de 225 quilómetros, contando este ano com a participação de 178 corredores, em representação de 25 equipas e também alguns individuais.

A primeira etapa a disputar na tarde de sábado é a mais longa e mais complicada, com 107 quilómetros e terminando numa contagem de montanha, no Alto da Santinha. Na tarde de domingo, o Circuito de Santo Amaro, pelas ruas de Almodôvar, arruma as contas quanto ao vencedor, se a "Santinha" não ditar as suas leis.

Entre as quase duas centenas de inscritos contam-se vários corredores que já passaram pelo profissionalismo, como é caso do vencedor do ano passado, Bruno Saraiva, da equipa CPR A-do-Barbas, Maceira/Leiria, que chegou a correr pelo Louletano nas temporadas de 2009 e 2010.

O diretor da corrida, Nuno Rodrigues, justificou que "estão reunidas todas as condições para dois dias de grande competição". "O concelho de Almodôvar é uma terra de ciclismo e de ciclista e a prova faz parte da vivência dos almodovarenses, novos ou menos novos", acrescentou.

A autarquia é a principal impulsionadora da Volta e a aposta "é uma mais-valia para toda a vida comercial do concelho". "Temos mais de três centenas de pessoas, que esgotam a oferta hoteleira, os restaurantes estão cheios e o comércio vende muito bem os produtos regionais, com destaque para o medronho, o mel, o pão e os enchidos. É uma aposta ganha há muitos anos", concluiu.

Almodôvar, terra de ciclismo e de ciclistas

PUB

A Casa do Benfica faz a ponte entre jovens que gostam da modalidade e que não chegam ao profissionalismo e os homens que, a partir dos 30 anos, passam à categoria de Masters.

De Almodôvar são os corredores profissionais Daniel Mestre (W52/FCPorto) e Henrique Casimiro (Efapel Cycling), existindo ainda uma equipa do segundo escalão português (Equipa de Clube/ Sub 23), o Almodôvar/Delta Cafés/Crédito Agrícola.

Manuel Caetanita, um "jovem septuagenário", é a grande referência da vila alentejana, que, além de diversos títulos de Campeão Nacional de Masters, já conquistou o título ibérico. A sua "coroa de glória" ocorreu na Volta a Portugal de 1976, quando derrotou Joaquim Agostinho, Fernando Mendes, Joaquim Andrade e Firmino Bernardino, as vedetas da época. Na altura, ganhou a etapa que terminou na Mealhada, envergando a camisola da Casa do Povo de Almodôvar.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG