Pandemia

ARS confirma primeira morte por Covid-19 no Alentejo. Idoso de 87 anos era utente de lar

ARS confirma primeira morte por Covid-19 no Alentejo. Idoso de 87 anos era utente de lar

A Administração Regional de Saúde do Alentejo (ARSA) e a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) emitiram um comunicado onde confirmam a primeira morte registado na região por Covid-19. O JN tinha noticiado esta segunda-feira o falecimento do homem de 87 anos, que é utente do Lar Nobre Freire.

O homem de 87 anos, residente em Beja, encontrava-se internado no Hospital José Joaquim Fernandes, na cidade alentejana, desde o dia 14 de abril. A ARSA e a ULSBA não referem que o octogenário era utente do Lar Nobre Freire, onde se registam outros dois casos positivos, também internados naquela unidade hospitalar.

"Infelizmente, devido à complexidade do quadro clínico apresentado, este seria um desfecho previsível", referiu José Aníbal Soares, Diretor Clínico da ULSBA. Por seu turno, José Robalo, presidente do Conselho de Administração da ARSA, justificou que "após confirmação de infeção, por Covid-19, a informação será atualizada e incluída no relatório de situação, emitido pela Direção-Geral da Saúde, no dia 22 de abril", concluiu.

Esta segunda-feira, o presidente da Câmara Municipal de Beja, Paulo Arsénio, "lamentou a morte" de um dos três infetados do lar na sua página do Facebook, mostrando-se agastado por só ter tido conhecimento oficial do caso "por um telefonema da direção do lar a meio da tarde", justificou.

O octogenário estava internado desde o passado dia 14 de abril, sendo um dos infetados com Covid-19 daquela instituição. O óbito ocorreu por volta das 2 horas desta segunda-feira. O caso foi conhecido três horas depois, quando um familiar colocou a informação no Facebook.

A vítima sofria de outros problemas de saúde, nomeadamente pulmonares e renais. A infeção terá acelerado a degradação do estado de saúde do octogenário.

Na manhã desta segunda-feira, o presidente da Câmara de Beja, tinha colocado nas redes sociais a informação de que "desde terça-feira, data em que foram confirmados o segundo e o terceiro caso positivo no Lar Nobre Freire, que no concelho de Beja, não há o registo de mais casos positivos de Covid-19, há portanto cinco dias". "Recebemos este fim-de-semana ainda a boa notícia de se registarem os dois primeiros casos de recuperados/curados no concelho", acrescentou.

Lar Nobre Freire alvo de desinfeção

A Unidade de Emergência Proteção e Socorro (UEPS) da GNR, procedeu no sábado à desinfeção e higienização do primeiro piso do Lar Nobre Freire, em Beja, onde há três utentes infetados com Covid-19 internado no Hospital José Joaquim Fernandes.

A intervenção surgiu na sequência de uma solicitação da Câmara Municipal de Beja e da instituição de solidariedade social, situado na zona histórica da cidade e que segundo Paulo Arsénio "implicou a saída de 33 utentes durante uma parte substancial do dia para as instalações do Seminário Diocesano, onde ficarão até às 20 horas", justificou.

Outras Notícias