Fogo

Escorrega de antigo parque de Beja volta a arder um ano depois

Escorrega de antigo parque de Beja volta a arder um ano depois

Um ano depois, o chamado "Escorrega das Neves", do antigo parque "Beja Aquática", volta a ser pasto das chamas, só que desta vez o fogo pegou nos tubos de gás de plástico e muito envelhecidos e ressequidos que foram devorados, provocando uma densa nuvem de fumo negro que era visível em Cuba, a 25 quilómetros de distância.

O proprietário já foi notificado diversas vezes pelo Tribunal e pela Câmara de Beja para desmontar a estrutura face ao perigo que constitui para a população da aldeia de Nossa Senhora das Neves, concelho de Beja, e à circulação de veículos que transitam na EN216, que liga Espanha a Lisboa, mas faz "ouvidos moucos".

Fonte dos Bombeiros de Beja disse ao JN que "um próximo incêndio no espaço vai colocar as habitações da aldeia em perigo. É urgente acabar com este filme de terror", concluiu.

No local estiveram oito viaturas dos Bombeiros Voluntários de Beja, Cuba e Serpa e a GNR, com um total de 24 operacionais. O presidente da junta de Neves foi alertado que numa próxima ocorrência vão existir habitações em perigo.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG