O Jogo ao Vivo

Bombeiros

Incêndio em silos da Cooperativa de Beja queima toneladas de girassol

Incêndio em silos da Cooperativa de Beja queima toneladas de girassol

Um violento incêndio nos silos da Cooperativa Agrícola de Beja e Brinches consumiu toneladas de girassol. As chamas deflagraram no secador das sementes, um sistema que trabalha a gás.

De acordo com Pedro Barahona, comandante dos Bombeiros Voluntários de Beja, "o alerta foi dado às 5.04 horas e as causas [do incêndio] são desconhecidas. O sistema terá sido desligado depois de terminado o trabalho, mas algo terá corrido mal".

Os silos da Cooperativa Agrícola de Beja e Brinches ficam localizados a 200 metros do Parque de Materiais da Câmara de Beja e as chamas ficaram circunscritas ao secador, não tendo alastrado aos depósitos de receção e de armazenagem.

Com o apoio de uma escada Magirus, elevado a 30 metros de altura, os bombeiros lançaram água para dentro e para as paredes do secador para apagarem as chamas e arrefecer as paredes e evitar a propagação a outras zonas. O girassol que foi saindo em chamas no fundo do secador foi retirado por uma máquina industrial para uma zona adjacente à unidade.

Os bombeiros conseguiram controlar as chamas perto das 10 horas e, pouco depois, iniciaram-se os trabalhos de rescaldo.

PUB

O combate às chamas chegou a mobilizar 34 bombeiros das corporações de Beja, Alvito, Ferreira do Alentejo e Serpa, apoiados por 13 veículos, a Proteção Civil Municipal e a GNR, com três elementos e duas viaturas.

Nos últimos anos é a terceira vez que se regista um incêndio naquela unidade industrial.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG