Feriado

Meia centena celebram o 1º de Maio em Beja

Meia centena celebram o 1º de Maio em Beja

Cerca de meia centena de pessoas marcaram presença junto à Casa da Cultura, em Beja, para assinalarem o 1º de Maio, condicionado pelas medidas de segurança impostas pelo Governo.

A iniciativa, promovida pela UGTP/IN, que habitualmente decorria na Barragem do Roxo, no concelho de Aljustrel, foi transferida para a capital de distrito e obedeceu a apertadas regras de participação de cidadãos. Contou com a presença do deputado do PCP João Dias, eleito pelo distrito de Beja, e com um forte contingente de agentes da PSP, para garantir o cumprimentos das normas de segurança definidas.

Manuel Nobre, do secretariado nacional da FENPROF e dirigentes do Sindicato dos Professores da Zona Sul, foi um dos oradores, tendo destacado a importância de "celebrar o 1º de Maio para reafirmar a defesa dos direitos dos trabalhadores", sustentando que, no distrito de Beja, há 848 empresas que entraram em lay-off, "algumas em situação de exploração dos trabalhadores", resumiu.

Numa caravana controlada por agentes da Esquerda de Trânsito da PSP de Beja, houve um desfile de automóveis por algumas das principais artérias da cidade.

Outras Notícias