Castro Verde

Incêndio em lar leva à retirada de 39 utentes para hotel

Incêndio em lar leva à retirada de 39 utentes para hotel

O lar de Entradas, concelho de Castro Verde, vai ser alvo de perícias técnicas para avaliar situação depois de um incêndio na terça-feira à noite. A Câmara Municipal realojou 39 idosos num hotel da vila.

Na sequência do incêndio que deflagrou cerca das 19.50 horas de terça-feira, no Lar Frei Manoel das Entradas, que teve origem num microondas da cozinha da instituição, a autarquia decidiu realojar todos os utentes num hotel de Castro Verde, até estarem concluídas as perícias técnicas para avaliar a situação.

De acordo com um comunicado publicado na página da Câmara Municipal de Castro Verde, "a avaliação técnica realizada ontem à noite às instalações determinou que, por questões de prevenção, os 39 idosos fossem realojados em espaço que garantissem a sua total segurança e comodidade", em face dessa decisão a edilidade presidida por António José Brito, em conjunto com a direção do lar "decidiu proceder à instalação de todos os idosos num hotel em Castro Verde".

De acordo com a edilidade castrense "a transferência dos 39 utentes foi concretizada de forma rápida e serena", realçando a autarquia "a importante ação dos Bombeiros Voluntários de Castro Verde, da Cruz Vermelha Portuguesa - Núcleo de Castro Verde, bem como o apoio dos Bombeiros Voluntários de Ourique e Aljustrel".

A Câmara Municipal de Castro Verde "enaltece a pronta disponibilidade" de Carlos Botelho, proprietário do Hotel Vila Verde, que "permitiu o alojamento de todos os idosos nas instalações da sua unidade hoteleira", acrescentando que durante todo o dia de hoje "estão em curso perícias técnicas no Lar de Entradas que terão como objetivo proceder a uma avaliação detalhada da situação", e que em função das conclusões obtidas e quando alcançado o quadro normal de funcionamento, seja possível o regresso dos idosos à instituição.

Terça-feira, após o incêndio ter deflagrado e para salvaguardar a segurança dos idosos, estes foram transportados para o Centro de Dia de Entradas, não havendo o registo de feridos.

Segundo comunicado do Comando Distrital de Operações e Socorro de Beja (CDOS), no combate às chamas e apoio aos utentes, estiveram envolvidos 23 operacionais dos Bombeiros Voluntários de Castro Verde, Ourique e Aljustrel, INEM, Cruz Vermelha Portuguesa e GNR, apoiados por 10 viaturas.

Outras Notícias