Covid-19

Surto na Misericórdia de Cuba provocou a morte a 11 utentes

Surto na Misericórdia de Cuba provocou a morte a 11 utentes

O surto de covid-19 no Lar da Santa Casa da Misericórdia de Cuba (SCMC), no distrito de Beja, já provocou 11 mortes entre os utentes da instituição, que tem 85 casos positivos, 58 utentes e 27 funcionários.

Dos utentes infetados, alguns estão internados no Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, enquanto os funcionários que testaram positivo estão em recuperação nas suas habitações.

Os cuidados aos utentes da SCMC estão a ser assegurados pelos funcionários da instituição, elementos das brigadas de intervenção da Cruz Vermelha Portuguesa e trabalhadores contratados a empresas especializadas neste tipo de serviços.

O surto no lar da Santa Casa da Misericórdia é a "ponta do icebergue" da situação extremamente complicada que se vive no concelho, onde de acordo com os últimos dados da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) tem 242 casos ativos e 17 óbitos.

Segundo a Direção-Geral de Saúde (DGS), o Município de Cuba é o segundo em Portugal no que diz respeito à taxa de infeções por mil habitantes, onde a incidência cumulativa a 14 dias, entre 5 e 18 de janeiro, regista 6224 casos, sendo considerado um concelho de risco extremamente elevado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG