Covid-19

Surto em lar de Mértola já fez 13 mortos

Surto em lar de Mértola já fez 13 mortos

Uma mulher de 90 anos morreu na segunda-feira à noite no Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, e esta terça-feira morreram mais três mulheres e um homem na zona de apoio instalada no Pavilhão Municipal, elevando para 13 o número de mortos devido ao surto de covid-19 no lar da Santa Casa da Misericórdia de Mértola.

Entre sábado e segunda-feira já tinham falecido oito pessoas, cinco mulheres e três homens, com idades entre os 88 e os 97 anos, tendo as mulheres falecido na enfermaria covid-19 e Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital de Beja e os três homens na Zona de Concentração e Apoio à População (ZCAP), instalada pela Câmara Municipal de Mértola no Pavilhão Desportivo Municipal.

Todas as vítimas mortais são utentes daquela Estrutura Residencial para Pessoas Idosas (ERPI), tendo a primeira ocorrido no passado dia 30 de dezembro, quando uma mulher de 91 anos faleceu na unidade hospitalar bejense.

O surto na instituição da vila de Mértola foi descoberto no passado dia 18 de dezembro, na sequência da deslocação de um homem ao Hospital de Beja, que deu como positivo para a covid-19, onde acabaria por ficar internado.

Dada a gravidade da situação, Jorge Rosa, presidente da Câmara Municipal de Mértola, vai solicitar a intervenção do Governo, através do coordenador regional do Alentejo no combate à covid-19, Jorge Seguro Sanches, e "procurar que sejam disponibilizados outros recursos humanos".

Para rentabilização dos recursos humanos, a Santa Casa transferiu a equipa de cozinha do Serviço de Apoio Domiciliário para a cozinha do Centro Infantil, para a confeção das refeições para os doentes e mais 150 utentes exteriores ao lar e que carecem de apoio social.

Foram também suspensas as respostas sociais ao nível da Creche e CATL-Oficina da Criança, prestados pela Santa Casa da Misericórdia de Mértola.​​​​​​ (SCMM), tendo a autarquia passado a assegurar o CATL na Escola Básica da vila. Já a reabertura da creche está depende das respostas à autarquia, por parte dos pais e encarregados de educação.

PUB

Na segunda-feira ao final da tarde, a Câmara Municipal de Mértola fez um ponto de situação à população revelando que existiam 124 casos ativos e 96 recuperados, de um total de 230 casos confirmados. No município contabilizam-se 15 óbitos, 13 dos quais dizem respeito ao lar da Santa Casa.

Segundo os dados divulgados pela Direção-Geral da Saúde (DGS), Mértola apresenta 782 casos nos últimos 14 dias por 100 mil habitantes, sendo considerado município de risco elevado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG