Moura

Forcado esmagado por touro corre risco de vida

Forcado esmagado por touro corre risco de vida

Um forcado do grupo amador de Beja está em estado crítico depois de ter sido esmagado por um touro, durante uma pega de caras, e arrastado durante dois ou três metros pelo animal na arena, em Moura.

Miguel Sampaio realizava a segunda pega da tarde, no sábado à tarde, quando foi "à cara do touro". O animal, da ganadaria António Silva, baixou o focinho, arrastou e esmagou o forcado, causando-lhe graves danos no fígado, no qual sofreu fortes hemorragias e um hematoma.

O forcado foi inicialmente assistido na enfermaria da praça de touros, passou pela Unidade de Saúde de Moura e foi depois transportado para o Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja.

Uma vez que o seu estado de saúde inspira grandes cuidados, ontem de manhã foi helitransportado para o Hospital Curry Cabral, em Lisboa, onde se encontra internado, em estado considerado grave.