Odemira

Fim da cerca é "alívio" mas não compensa, diz autarca de São Teotónio

Fim da cerca é "alívio" mas não compensa, diz autarca de São Teotónio

O presidente da junta de São Teotónio manifestou-se aliviado pelo levantamento da cerca sanitária devido à covid-19 na sua freguesia, no concelho de Odemira, mas lamentou a implementação da medida.

"Sinto um sentimento de alívio, como é óbvio, mas este sentimento de alívio acaba por não compensar todos estes dias que estivemos aqui, dentro desta cerca sanitária", afirmou Dário Guerreiro, em declarações à agência Lusa.

Para o presidente da Junta de Freguesia de São Teotónio, o anúncio do levantamento da cerca sanitária, a partir das o horas de quarta-feira, feito hoje pelo primeiro-ministro, na sede de concelho, e pelo Presidente da República, não "deveria sequer ter tido lugar". "Porque isso significaria que não teríamos tido esta cerca sanitária, em primeira instância", explicou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG