Beja

Casos de covid fecham Centro Escolar de Ourique e deixam centenas em quarentena

Casos de covid fecham Centro Escolar de Ourique e deixam centenas em quarentena

Um episódio hospitalar revelou que mãe e filho, residentes em Ourique, estão infetados com covid-19, situação que levou ao encerramento do Centro Escolar de Ourique (CEO), onde a mulher trabalha, e à colocação em quarenta preventiva da turma do aluno, que frequenta a Escola EB2,3/S. Direta ou indiretamente, estão cerca de 500 pessoas, entre alunos, professores e funcionários, em isolamento.

Na sequência de uma queda, o rapaz recorreu ao hospital e, após realização do teste à covid-19, percebeu-se que está infetado, assim como a mãe. A Autoridade de Saúde Pública decidiu, assim, determinar o encerramento do Centro Escolar e realizar testes a toda a comunidade envolvida. No caso da Escola EB2,3/S a turma do aluno contagiado foi colocada em quarentena preventiva.

Em comunicado, o presidente da Câmara Municipal de Ourique referiu que a autarquia "está a concretizar a rápida testagem que permita a identificação integral da situação", recordando os casos de contágio no lar de Santa Luzia. Reconheceu ainda tratar-se "de mais um sobressalto perante o risco que existe e persiste"

Marcelo Guerreiro lembra que Ourique "não é um dos 121 municípios sujeitos a medidas mais duras", pedindo aos cidadãos que mantenham todos os cuidados para que o concelho "continue a não fazer parte dessa lista com mais restrições".

Desde o início da pandemia, Ourique registou 52 casos positivos, tendo ocorrido dois óbitos, um dos quais no lar de Santa Luzia, propriedade da Santa Casa da Misericórdia de Ourique e onde se verificou o principal e mais perigoso surto de covid-19.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG