Barcelos

Câmara de Barcelos quer pagar subsídios de férias e de Natal em 2012

Câmara de Barcelos quer pagar subsídios de férias e de Natal em 2012

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou, esta sexta-feira, uma proposta que visa criar um subsídio "social-extra" para todos os funcionários do município abrangidos pelo corte dos subsídios de férias e de Natal em 2012, decretado pelo Governo.

A autarquia de Barcelos aprovou, esta sexta-feira, em executivo municipal e com a concordância da oposição, uma proposta que visa criar um subsídio "social-extra" para compensar as perdas que os funcionários da câmara vão ter com as medidas tomadas pelo Governo, que visam a eliminação dos subsídios de férias e Natal para todos os salários acima dos 1000 euros e a taxa de redução progressiva aos salários situados entre o mínimo e os 1000 euros.

No entanto, esta medida poderá não avançar caso o Governo aceite criar um regime de excepção aos trabalhadores do município de Barcelos que possibilite o pagamento dos subsídios de férias e de Natal ou equivalentes a vigência em Portugal do Programa de Assistência Económica e Financeira.

Segundo a proposta apresentada numa minuta e aprovada por unanimidade pelos vereadores PS, PSD e o independente Manuel Marinho, a autarquia propõe disponibilizar um milhão de euros a ser distribuídos, durante 2012, pelos quase 800 funcionários da autarquia de Barcelos.

Esta proposta de criação de subsídio, caso o governo não aceite o regime de excepção, foi justificada por Miguel Costa Gomes, edil barcelense, devido ao "impacto negativo que as medidas na proposta de lei de Orçamento de Estado para 2012 causarão aos quase 800 funcionários da autarquia e respectivos agregados familiares".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG