Sinalização

Testemunha do acidente de Barcelos confirma que condutor passou barreiras

Testemunha do acidente de Barcelos confirma que condutor passou barreiras

Três pessoas, entre elas uma criança, morreram, esta quarta-feira, na sequência de um choque entre um comboio e um veículo ligeiro em Barcelos. Uma testemunha do acidente confirmou que as barreiras da passagem de nível estavam fechadas.

"Estava um carro parado. Ouvi um grito e estava um senhor a passar. Foi um grande estrondo. Nunca mais se ouviu nada", disse, Manuel Duarte, uma das testemunhas do acidente que, esta quarta-feira, vitimou três pessoas da mesma família.

Avós e neta não resistiram ao violento choque e morreram. "As barreiras estavam fechadas", avançou a testemunha, confirmando a informação já avançada pelas Infraestruturas de Portugal, que dava conta de que o condutor do automóvel poderia ter "contornado" as barreiras.

"Eu nem lá consegui ir. Pensei que tinha batido apenas na traseira. Porque quando o vi, ele já tinha passado metade de faixa", adiantou Manuel Duarte.

O acidente ocorreu às 9.48 horas, na Linha do Minho, e envolveu um comboio internacional que fazia a ligação entre Vigo, em Espanha, e o Porto.