Acidente

Criança e dois adultos morrem em choque com comboio em Barcelos

Criança e dois adultos morrem em choque com comboio em Barcelos

Um acidente entre um carro e um comboio, esta quarta-feira de manhã, numa passagem de nível em Carapeços, Barcelos, provocou três vítimas mortais, dois adultos e uma criança.

As vítimas são Ernesto Rocha, de 71 anos, residente em Areosa, Viana do Castelo, Gracinda Fernandes, residente em Ponte de Lima, e a neta com cerca de dez anos, que vivia em França com os pais, mas que se encontrava a passar férias com a avó em Portugal. Ao contrário do que foi avançado anteriormente, a criança não é neta do casal, mas apenas de Gracinda.

Os três seguiam de carro, de Tamel São Fins para Carapeços, quando foram colhidos por um comboio que se deslocava no sentido Viana do Castelo-Barcelos.

A viatura ficou imobilizada a cerca de 200 metros do local do acidente.

À chegada dos bombeiros, as vítimas, que tiveram de ser desencarceradas, já estavam sem vida, confirmou o comandante da corporação de Barcelos, adiantando que o carro acidentado ficou "muito danificado".

Os corpos estavam, cerca das 12 horas, a ser transportados para o Instituto de Medicina Legal de Braga.

Sinalização da passagem de nível estava "em pleno funcionamento"

A Infraestruturas de Portugal assegurou que todo o sistema de sinalização da passagem de nível onde aconteceu o acidente ocorrido na Linha do Minho estava "em pleno funcionamento".

Em declarações à agência Lusa, fonte oficial da IP disse que se trata de uma passagem de nível automatizada, com sinais luminosos e "meias barreiras", admitindo que o condutor do automóvel em que seguiam as três vítimas possa ter "contornado" as barreiras.