Iniciativa

"Árvore dos sonhos" em Braga distribuiu mais de uma centena de presentes

"Árvore dos sonhos" em Braga distribuiu mais de uma centena de presentes

No início de dezembro, mais de uma centena de crianças, jovens e adultos com deficiência ou sem retaguarda familiar de cinco instituições de Braga pediram presentes de Natal, que foram pendurados na "árvore dos sonhos". Os desejos foram todos atendidos e, entre esta segunda e terça-feira, desembrulharam-se as prendas com euforia.

A ideia partiu dos comerciantes da Rua dos Biscainhos, no centro de Braga, que através da solidariedade queriam atrair gente para aquela artéria. Com a ajuda do Município de Braga montaram uma "árvore dos sonhos" e penduraram os desejos de Natal dos utentes do Centro Novais e Sousa, Fundação Bonfim, ÍRIS, Centro Social de Santo Adrião e APPACDM.

Durante um mês, os clientes e turistas foram desafiados a apadrinhar os sonhos destas pessoas mais desfavorecidas, comprando os presentes pedidos, e aderiram em massa. Camisolas, sapatilhas, meias, mantas, relógios e até um computador. "Conseguimos concretizar todos os sonhos", regozijou-se Adélia Azevedo, ontem, no final da distribuição dos presentes no Centro Novais e Sousa.

O vereador da Câmara de Braga, Altino Bessa, espera alargar iniciativa a mais instituições e famílias carenciadas do concelho, tornando Braga "a cidade dos sonhos" e da "solidariedade".

Outras Notícias