Braga

Assembleia Municipal aprova venda da fábrica Confiança

Assembleia Municipal aprova venda da fábrica Confiança

A venda do edifício da antiga fábrica Confiança, com um novo caderno de encargos, foi aprovada pela Assembleia Municipal de Braga, com 42 votos a favor, 25 contra e quatro abstenções.

A votação foi feita sob contestação da Oposição (BE/CDU/PS) e de cerca de meia centena de elementos da plataforma "Salvar a Fábrica Confiança", que receberam o presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio, com assobios e cartazes à porta do Centro da Juventude de Braga, onde decorreu a sessão.

Pedro Sousa, deputado municipal do PS, criticou "mamarracho com sete pisos" que vai ser construído no logradouro do edifício, para dar lugar a uma residência universitária, como prevê o Pedido de Informação Prévio elaborado pelo Município.

BE e CDU partilharam da indignação, criticando, ainda, investimento privado para criar alojamento para estudantes. "Os estudantes não precisam de apartamentos turísticos", afirmou António Lima, do BE. "Residência privada não é acessível à maioria", defendeu Bárbara Barros, da CDU.

A hasta pública, com preço base de cerca de 3,7 milhões, vai realizar-se no próximo mês.

Outras Notícias