Concurso

Bailarina Carolina Costa a caminho do Canadá

Bailarina Carolina Costa a caminho do Canadá

Ainda a recuperar da participação na final do Dance World Cup 2019 onde arrecadou oito medalhas de ouro e uma de prata, Carolina Costa, aluna do Conservatório Internacional de Ballet e Dança Annarella Sanchez, está novamente de partida, desta vez para um dos concursos mais importantes, em Vancouver, no Canadá.

A bailarina bracarense de 12 anos parte esta quarta-feira para participar no Global Dance Challenge (GDC), que se realiza de 8 a 14 de agosto e apresenta a concurso os melhores talentos mundiais do ballet.

"É para mim mais uma grande responsabilidade ter sido selecionada para participar nesta competição tão especial, o de poder partilhar o palco com alguns dos melhores bailarinos do mundo, será com certeza uma experiência que não vou esquecer", afirmou Carolina Costa ao JN.

"Basta ver os vencedores das anteriores edições para perceber a qualidade da competição, em que participam vários concorrentes asiáticos, da China e da Coreia do Sul, que são conhecidos pela sua qualidade e o facto de poder conjugar um concurso com uma vertente cultural é também uma mais valia desta competição", destacou a jovem bailarina.

Portugal estará representado por mais três estudantes do Conservatório Internacional de Ballet e Dança Annarella Sanchez (Leiria), que vão apresentar coreografias a solo de Ballet Clássico e Contemporâneo, bem como Duetos Contemporâneo e Pas de Deux Clássico, nomeadamente António Casalinho, Margarita Fernandes e Margarida Gonçalves.

Aberto a participantes de todas as nacionalidades com idades entre seis e 22 anos, o GDC proporciona além da competição em si a oportunidade de ter coaching profissional, master classes, experiência em palco com bailarinos profissionais e um vasto programa cultural que tem como principal objetivo cultivar a excelência artística, bem como inspirar os participantes a serem cidadãos conscientes no mundo global.

Estarão presentes como jurados e professores convidados vários diretores das melhores escolas de ballet do mundo bem como de várias companhias profissionais.

Com o alto patrocínio do primeiro-ministro do Canadá, do parlamento e do Ministério da Cultura canadiano, o evento, dada a sua importância, foi proclamado pelas autoridades como "Global Dance Challenge Week" do país.