Votação

Braga entre as três cidades finalistas a Capital Europeia da Democracia

Braga entre as três cidades finalistas a Capital Europeia da Democracia

Braga está na lista final, conjuntamente com Barcelona e Bruxelas, da votação para escolha da primeira Capital Europeia da Democracia em 2023/24.

Fonte camarária disse ao JN que a escolha da lista final é feita esta quarta-feira, em Viena, sede da ALDA - Associação Europeia para a Democracia Local, que organiza o evento.

A escolha dos três candidatos foi antecedida por visitas de um conjunto de peritos do júri às 13 cidades concorrentes que chegaram à fase final, para avaliar as suas multifacetadas capacidades de aproximação à democracia através de projetos inovadores da sociedade civil e a sua capacidade para a colaboração e a inovação no quadro europeu.

PUB

Os projetos de Braga, Barcelona e Bruxelas convenceram os peritos do júri, diz o organismo.

A cidade que obtiver o título de Capital Europeia da Democracia beneficiará de um conjunto de vantagens, tais como o reconhecimento da sua reputação internacional como centro de educação e inovação, bem como a oportunidade de acolher eventos e reuniões de líderes políticos europeus.

Em julho deste ano, eram 22 as cidades que concorriam para se tornarem a primeira Capital Europeia da Democracia. Numa segunda fase, estavam em análise a candidatura das cidades de Cascais e Valongo, assim como Antuérpia (Bélgica), Barcelona (Espanha), Bolonha (Itália), Bruxelas (Bélgica), Burgos (Espanha), Linz (Áustria), Metz (França), Opole (Polónia), Rzeszow (Polónia) e Sarajevo (Bósnia e Herzegovina).

A iniciativa foi lançada pela "ECoD gemeinnützige GmbH", em conjunto com o Instituto de Inovação em Política, baseado em Viena e tem 16 países europeus como parceiros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG