O Jogo ao Vivo

Toxicodependência

Braga quer sala de chuto para travar droga no Monte do Picoto

Braga quer sala de chuto para travar droga no Monte do Picoto

Entre o Centro de Acolhimento Temporário (CAT) da Cruz Vermelha de Braga e o parque do Monte do Picoto, em Braga, há uma vedação que tenta impedir o acesso a um dos pulmões verdes da cidade.

Foi colocado pela Câmara para travar a intrusão de consumidores de droga na zona, mas não surtiu efeito. Há seringas, tabaco, preservativos e outros vestígios de toxicodependência que continuam a estar à vista junto aos caminhos e em alguns bancos do parque.

Depois dos esforços de limpeza, vigilância e até da criação de uma sala de chuto improvisada, ao ar livre, o vereador do Ambiente, Altino Bessa, só vê uma alternativa para pôr fim a este problema antigo: o Governo assumir a responsabilidade de criar uma verdadeira sala de consumo assistido.

"Sou completamente a favor das salas de consumo assistidas, mas é um problema do Ministério da Saúde. Não é um problema do Município de Braga. É uma solução que o Governo tem de agarrar e estamos disponíveis para colaborar", afirma o vereador, depois de mostrar o espaço escondido e improvisado que foi criado pela Câmara, junto ao CAT, com duas mesas e um depósito de seringas, que tem servido para minimizar o consumo em zonas públicas do Picoto.

Ler mais na edição impressa ou na versão e-paper

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG