Projeto

Câmara de Braga vende antiga fábrica Confiança por quatro milhões de euros

Câmara de Braga vende antiga fábrica Confiança por quatro milhões de euros

Quatro milhões de euros. É este o preço-base que a Câmara de Braga estipulou para a venda do antigo edifício da fábrica Confiança, cujo caderno de encargos vai ser votado dia 24 em reunião de Câmara.

O edifício foi adquirido em 2011 pela Câmara, uma decisão do executivo do socialista Mesquita Machado apoiada pelo PSD/CDS, por cerca de 3,5 milhões para ser reconvertido e vir a albergar funções culturais e museológicas.

Em declarações ao JN, o presidente do Município, Ricardo Rio, explicou a decisão de vender pelo facto de não haver dinheiro para investir no projeto já que não pode contar com fundos comunitários: "seriam precisos cinco ou seis milhões. E há outros projetos prioritários", frisou.

O autarca social-democrata salientou que a proposta a levar ao executivo de vereadores determina que o comprador terá de obedecer a várias condicionantes de construção, de forma a que a traça arquitetónica e a volumetria se mantenham.

A decisão camarária não agradou à Junta de Freguesia de São Victor (PSD/CDS) que, em comunicado, anunciou que está contra a alienação do edifício da antiga saboaria.

A Junta promove, por isso, na noite desta sexta-feira, na sua sede, um debate sobre o tema "Qual o Futuro para a Confiança?". O seu presidente Ricardo Silva lamenta que Ricardo Rio "nunca tenha abordado este assunto com a Junta".

Outras Notícias