O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Câmaras de vigilância para garantir segurança nos parques de Braga

Câmaras de vigilância para garantir segurança nos parques de Braga

Cerca de 30 aparelhos estão a ser instalados nos espaços verdes do Picoto, Ponte e Camélias. Locais são associados a assaltos, vandalismo e toxicodependência.

O Município de Braga está a instalar cerca de 30 câmaras de videovigilância nos parques da Ponte, Camélias e Picoto, "para dar segurança e conforto a quem os visita", de acordo com o vereador da Proteção Civil, Altino Bessa. O responsável assume que os locais ainda são associados a problemas de toxicodependência, vandalismo ou assaltos.

"Não são câmaras que estão online e de vigilância permanente. Apenas recolhem imagens durante 30 dias, que depois se apagam. Se, nesses 30 dias, acontecer um assalto ou algo fora da lei, chamamos as forças de segurança e, se entenderem, podem solicitar as imagens", elucida Altino Bessa, assumindo que os primeiros equipamentos foram colocados no monte Picoto, por apelo dos dirigentes do parque aventura sediado naquele local.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG