Habitação

Começou demolição das torres do bairro dos Falcões em Braga

Começou demolição das torres do bairro dos Falcões em Braga

As últimas duas torres do bairro dos Falcões, em Braga, começaram a ser demolidas esta segunda-feira e prevê-se que, durante o dia de terça-feira, já não haja mais casas de pé. O terreno servirá para expandir o parque de materiais e oficinas dos Transportes Urbanos de Braga (TUB).

A empresa municipal BragaHabit, que gere a habitação social, estava há três anos a tentar realojar os moradores do bairro. O processo alongou-se devido à resistência de quase uma dezena de famílias. Não aceitavam a proposta de mudança para a Praceta Padre Sena de Freitas, onde diziam haver "piores condições" da habitabilidade e receavam a mudança nos contratos de arrendamento.

Atendendo às reivindicações, o administrador da BragaHabit, Vítor Esperança, acabou por encontrar soluções para algumas famílias em casas da empresa, fora da Praceta, e a comunidade não foi realojada num só prédio, como inicialmente previsto.

O processo ficou concluído, este mês, com a saída da última família. Desta forma, os TUB já ficarão com os terrenos livros para expandir o parque de materiais e oficinas, ganhando uma área total de 25 mil metros quadrados. Destes, quatro mil metros quadrados foram adquiridos à BragaHabit por 450 mil euros.

Outros Artigos Recomendados