Exclusivo

Comércio e restauração de Braga superam ano da pré-pandemia

Comércio e restauração de Braga superam ano da pré-pandemia

Faturação no verão ultrapassou valores de 2019. Emigrantes e regresso de turistas ajudaram na recuperação.

Proprietário de uma loja de moda infantil em Braga há oito anos, Joaquim Cunha não se recorda de um verão "tão bom". Rosa Maria, funcionária de uma loja de calçado, diz que está a terminar a estação "quase sem tamanhos, o que é bom sinal". Lojista numa bijutaria, Inês Braga fala de um agosto "espetacular". De acordo com os dados das transações bancárias da SIBS cedidas à Associação Empresarial de Braga (AEB), o comércio local regista, desde maio, uma faturação acima dos valores de 2019, antes da pandemia chegar ao país, e a restauração, em julho, também superou os valores pré-covid-19. Por outro lado, a hotelaria, ainda, anseia por mais turistas (ver caixa).

De acordo com os dados da SIBS, o setor do comércio e serviços faturou 111,7 milhões de euros em maio deste ano, mais 5% do que em igual mês de 2019. O mesmo crescimento verificou-se em junho e julho. Em agosto, apesar de ainda não haver dados disponíveis, são esperados, também, "resultados positivos" no comércio, mas também na restauração e hotelaria, adianta o diretor-geral da AEB, Rui Marques.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG