Premium

Confiança vai ser uma residência para universitários

Confiança vai ser uma residência para universitários

O edifício da antiga fábrica Confiança vai ser transformado em residência universitária, uma hipótese que já tinha sido avançada pela Câmara de Braga, aquando a aprovação da venda do imóvel, em setembro de 2018.

O presidente da Autarquia, Ricardo Rio, adiantou, na quarta-feira, que vai avançar com a hasta pública, com preço-base de quase 3,7 milhões de euros - menos cerca de 100 mil que o anterior - e com um novo caderno de encargos, que será aprovado na próxima segunda-feira, em reunião do Executivo. No próximo dia 24, a proposta vai à Assembleia Municipal.

Depois de duas providências cautelares terem impedido a concretização da alienação mais cedo, o Município vai marcar, este trimestre, um terceiro leilão, mas com novas condições. Os privados só poderão adquirir o edifício e o terreno adjacente para o transformar em residências para estudantes, com capacidade para 300 camas, e terão de respeitar um pedido de informação prévia (PIP) que já teve luz verde do Conselho Nacional de Cultura, responsável pelo processo de classificação da antiga saboaria como imóvel de interesse público.