Exclusivo

Empresas da Startup Braga já criaram mil empregos

Empresas da Startup Braga já criaram mil empregos

As 185 empresas emergentes que foram apoiadas pela Startup Braga, desde que esta foi criada em 2014, já conseguiram dar emprego a mil pessoas. Os dados foram revelados à margem da cerimónia de abertura da Unique Summit, uma cimeira que, até ao final desta quarta-feira, no Altice Forum Braga, vai pôr empreendedores, investidores e decisores políticos a discutir inovações tecnológicas em áreas como a saúde, agricultura, mobilidade ou clima.

Segundo os dados revelados ao JN, em oito anos, os negócios que começaram a ganhar vida na Startup Braga, já conseguiram obter mais de 370 milhões de euros de investidores nacionais e estrangeiros. Até agora, sobretudo, dedicados às áreas da biotecnologia, nanotecnologia, ciências da saúde e das tecnologias de informação, a próxima área "a privilegiar" na incubação e aceleração de novas empresas será a da sustentabilidade, adiantou o presidente da Câmara, Ricardo Rio, ontem, na Unique Summit.

"Acreditamos que esta é uma forma de acelerar os projetos de natureza económica nesta área, de forma a potenciar a investigação sobre os processos de transformação da nossa sociedade", justificou Ricardo Rio, durante a sessão que contou com a presença de Rui Vieira de Castro, reitor da Universidade do Minho, António Cunha, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, António Dias Martins, diretor executivo da Startup Portugal, e Arturo Villar Menéndez, fundador da rede internacional Global.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG