Braga

Estudantes fazem churrasco junto ao muro da morte

Estudantes fazem churrasco junto ao muro da morte

O cancelamento do Enterro da Gata não impediu que os alunos da Universidade do Minho fizessem a festa. Esta terça-feira à noite, houve churrasco nos bares que ficam próximos do muro onde morreram três estudantes, a 23 de abril.

Por outro lado, no largo em frente ao Carpe Noctem, bar bem conhecido da comunidade estudantil, decorre até quinta-feira uma Semana Cultural, com muita animação.

"O Primeiro Arraial Bares de Cima" é o nome do evento que dois dos principais bares do local onde decorreu a tragédia decidiram realizar durante o dia de ontem. Os responsáveis não quiseram falar ao JN sobre a decisão de realizar a iniciativa, mas quem esteve presente na festa considera que esta é uma "excelente opção" para quem não concordou com a decisão da Associação Académica da UMinho.

A Ordem Profética da instituição minhota (Opum Dei) foi uma das mais entusiásticas participantes dos arraiais. Por força da tragédia que vitimou três estudantes de Engenharia Informática, este ano a UMinho decidiu cancelar o Enterro da Gata, mas, para esta associação, "quiseram alguns retirar o que de outros é por direito".

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG