Exclusivo

Falta de apoios fecha residências para pessoas com deficiência

Falta de apoios fecha residências para pessoas com deficiência

Cerci já informou da decisão os familiares dos dez utentes que vivem em autonomia em dois apartamentos.

A Cooperativa de Educação e Reabilitação (Cerci) de Braga informou os familiares das dez pessoas com deficiência que vivem em duas residências autónomas (dois apartamentos) que vai ter de fechar as portas desta valência devido à ausência de apoios da Segurança Social

Em carta enviada aos familiares, a administração da instituição diz que está desde janeiro de 2022 a suportar na íntegra o custo mensal, que ronda os 16 mil euros/mês, salientando que há oito colaboradores em risco de desemprego e dez pessoas com deficiência intelectual, que ficarão sem resposta residencial.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG