O Jogo ao Vivo

Hotéis

Grupo Hotti-Braga investe 11 milhões em unidade com 110 quartos no centro de Braga

Grupo Hotti-Braga investe 11 milhões em unidade com 110 quartos no centro de Braga

A Câmara de Braga vota, esta sexta-feira, em reunião do Executivo de vereadores, uma proposta da agência municipal InvestBraga de concessão de uma redução em 82,5 por cento, por cinco anos, da taxa de IMI para um projeto de investimento de 11 milhões de euros do grupo Hotti-Braga Hotéis, SA, a realizar na Avenida Central num prédio do século XVIII, anexo ao do Convento das Convertidas.

No projeto do hotel, do tipo quatro estrelas superior, - que pertence maioritariamente ao empresário António Salvador - é dito que o investimento, a concretizar em 24 meses, cria 60 postos de trabalho, 30 diretos e os restantes indiretos. A inauguração está prevista para janeiro de 2023.

A obra a desenvolver respeita as fachadas e gradeamentos atuais do edifício, que tem rés-do-chão, primeiro andar e águas furtadas. Será ampliado para o logradouro, constituindo dois volumes, um com rés-do-chão e mais quatro andares e um outro, mais recuado com rés-do-chão e dois andares.

O grupo Hotti, que já explora o hotel Melia, de Braga, constrói uma unidade com 110 quartos, restaurante (com acesso direto à Avenida), bar, salas de reuniões, centro de bem-estar com ginásio, piscina interior e exterior e centro de massagens.

Outras Notícias