Covid-19

Hospital de Braga retoma atividade assistencial programada

Hospital de Braga retoma atividade assistencial programada

O Hospital de Braga retomou, gradualmente, desde o início de maio, a atividade assistencial programada, nomeadamente as cirurgias, que recomeçaram tendo em conta a prioridade clínica e o tempo de espera.

Fonte hospitalar adiantou esta sexta-feira que a reorganização dos agendamentos teve como princípio o de garantir a menor concentração de pessoas nos espaços, respeitando os tempos cirúrgicos.

Manteve-se, ainda, uma sala operatória dedicada a cirurgias de doentes com covid-19, tendo sido também reativada a atividade nos blocos periféricos.

A unidade de saúde adiantou, ainda, que, "houve um alargamento do horário de funcionamento da consulta externa, mas, privilegiando-se a atividade de consulta não presencial".

Quanto aos meios complementares de diagnóstico e terapêutica, nomeadamente nas colheitas de sangue, o Hospital salienta que se alargou o horário de funcionamento, "evitando-se assim a concentração de pessoas nos mesmos espaços".

Procedeu-se, também, ao reajustamento do número de postos de colheita, avisando-se os doentes para que não compareçam no Hospital fora do horário da sua marcação.

A Imagiologia, - acrescenta - volta ao seu horário de funcionamento normal, e retoma, gradualmente, a atividade aos fins de semana.

Sobre o internamento programado, o Hospital acrescenta que será implementado, também de forma gradual, "realocando espaços de internamento aos diversos serviços, tendo em conta a necessidade de manutenção de circuitos separados para o tratamento de doentes covid-19".

"O reagendamento da atividade assistencial programada pretende salvaguardar o cumprimento escrupuloso das orientações determinadas pelas autoridades de saúde, continuando a dar resposta à situação de pandemia que se vive", sublinha.