Exclusivo

Moradores recusam postes de alta tensão a 12 metros de casa

Moradores recusam postes de alta tensão a 12 metros de casa

Moradores de urbanização em Braga avançam com providência cautelar. Município alega com sentença.

Pela quarta vez em meio ano, os moradores da urbanização da Europa Ar-Lindo, em Ferreiros, Braga, saíram à rua para impedir a instalação de dois postes de alta tensão, que ficarão situados a 12 metros de dois prédios onde vivem 60 famílias. Na segunda-feira, devido a um forte dispositivo policial, o protesto não teve efeito e os trabalhos arrancaram. A Câmara diz que está "a cumprir uma sentença judicial".

Os equipamentos elétricos irão substituir dois postes que já existiam nas imediações da urbanização, um deles no meio de uma estrada, junto ao centro social, e outro localizado a poucos metros dos prédios, "mas que visualmente não incomodava tanto", explica Carlos Macedo, representante dos moradores, que vão avançar com uma providência cautelar para travar a intervenção.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG