Braga

Pais da EB 1 de Esporões dizem "basta" às aulas em contentores

Pais da EB 1 de Esporões dizem "basta" às aulas em contentores

"Basta"! Esta foi a palavra de protesto mais gritada esta sexta-feira de manhã por 63 alunos à porta dos contentores que servem de instalações provisórias da Escola Básica de Esporões, na zona sul de Braga.

Pais e alunos - exibindo cartolinas com palavras de ordem a fundo preto - fecharam a cadeado os portões de acesso ao estabelecimento de ensino. Dizem-se "fartos de esperar" pelo fim das obras de requalificação da escola: "Era para ser uma situação provisória e até recebemos a notícia com agrado. As obras eram para durar sete meses. A verdade é que já lá vão dois anos", disse Rute Silva, da Associação de Pais, aos jornalistas.

A porta-voz das famílias afirma que se chegou a uma situação de rutura: "Há crianças que não conhecem outra realidade para além dos contentores", explicou.

Rute Silva lamenta que a Câmara de Braga vá adiando a data em que os alunos vão chamar escola a uma verdadeira escola, frisando que a data prevista para a conclusão era o dia de hoje, o que não sucedeu. Fonte camarária disse ao JN que o atraso na obra se prende com o facto de o empreiteiro ter falido, o que implica um conjunto moroso de novos procedimentos.

"Disseram que era, por escrito, hoje que ficava tudo pronto. A verdade é que a escola continua fechada. Não vemos movimentações e sabemos que o empreiteiro está com dificuldades, mas isso não é nosso problema. Agora dizem que vai ser em dezembro. Será? Esta situação chegou a um limite", vaticina Rute Silva.

Outras Notícias