Braga

Pancadaria em escola de Braga fere alunos e professores

Pancadaria em escola de Braga fere alunos e professores

Graves confrontos entre alunos dentro da EB 2,3 de Celeirós, em Braga, resultaram na suspensão de nove estudantes. Dois foram parar ao hospital e ainda houve professores e funcionários com mazelas.

Nove alunos suspensos e dois estudantes que tiveram de receber tratamento médico no Hospital de Braga é o resultado visível dos confrontos verificados, sexta-feira de manhã, na Escola Básica 2,3 de Celeirós, Braga. Na confusão, foram ainda agredidos funcionários e professores que tentaram separar os alunos.

"Foi pancadaria velha", disse ao JN um dos alunos que, no "intervalo das 10 horas", se encontrou com outros alunos no "corredor junto à biblioteca" da escola para "acertar contas" com alunos da turma do CEF (Cursos de Educação e Formação). A escola de Celeirós é frequentada por alunos até ao 9.º ano de escolaridade e por uma turma de 15 jovens de um curso de Informática.

As desavenças no seio da comunidade escolar têm vindo a aumentar nos últimos dias. O carro de uma professora foi roubado do parque de estacionamento da escola e só foi localizado pela GNR, horas depois, num local frequentado por toxicodependentes. Outro automóvel, de um docente, foi assaltado. Na quarta-feira, os vidros do carro de um funcionário foram partidos.

Um jogo de futebol, do torneio que alunos da escola estão a realizar, terá sido a gota de água. "O meu filho chegou a casa com uma perna toda negra e hoje (ontem) estou aqui à porta da escola para saber se a Direção tomou medidas contra os agressores porque se não tomou sou eu que vou tratar do assunto", afirmou um pai.

Alunos suspensos

Contudo, na quinta-feira, a Direção da escola, que não falou com o JN e que solicitou a intervenção da GNR para identificar os jornalistas, tinha suspenso alguns alunos. Sexta-feira, os alunos suspensos compareceram nas aulas e a responsável pelo estabelecimento de ensino chamou a GNR para expulsá-los. "Fomos à escola executar a ordem de expulsão de nove alunos" do CEF, referiu fonte da GNR de Braga.

PUB

Durante a manhã de sexta-feira, várias turmas não tiveram aulas. "Estivemos numa sala a ver o filme 'Diamantes de sangue' que é um bom filme para acalmar os nervos", ironizou um estudante. A Direção Regional de Educação do Norte vai pedir explicações à escola de Celeirós.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG