Braga

Portas do centro histórico de Braga estão a ficar sem maçanetas

Portas do centro histórico de Braga estão a ficar sem maçanetas

No Centro Histórico de Braga, têm desaparecido as maçanetas de portas, algumas centenárias. Mais do que o valor do metal, pessoas lamentam a falta de segurança. Destino, desconfia-se, são as sucatas.

"Também te levaram a maçaneta?". Esta é agora uma pergunta frequente no Centro Histórico de Braga. Mais de 15 casas, entre as freguesias da Sé e da Cividade, ficaram sem os puxadores de portas exteriores nos últimos dias.

"Deviam ser umas quatro da manhã quando me apercebi de um barulho, mas pensei que fosse o gato", conta André Ribeiro, morador na Rua D. Gualdim de Pais. Afinal, também lhe estavam a roubar a maçaneta da porta de casa. Aquilo que alguns pensaram que podia ser uma brincadeira de mau gosto, afinal, é um roubo em massa de puxadores feitos em metal diverso. "Não me digam que agora anda para aí um gangue das maçanetas?", questionava José Cunha, morador na D. Gualdim de Pais, que afirma que "a zona até é segura".

Leia mais na edição e-paper ou na edição impressa

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG