Exclusivo

Primeira residência universitária privada de Braga pronta em 2023

Primeira residência universitária privada de Braga pronta em 2023

Investimento de 13 milhões de euros para 294 quartos. Terá ginásio e espaços de estudo e lazer. Se forem os preços da Covilhã custará 350 euros/mês

A cidade de Braga vai ter, a partir de setembro de 2023, uma residência universitária privada com 294 quartos, um investimento de 13 milhões de euros da empresa Maiar, SA . A construção começou há dias - após a emissão do alvará pelo vereador do Urbanismo, João Rodrigues - num terreno na Rua da Quinta da Armada, em São Vítor, a poucas centenas de metros do polo de Gualtar da Universidade do Minho (UMinho).

Os promotores, que operam sob a marca Andy/Coliving, não divulgam o custo mensal da renda, mas numa residência universitária que a firma tem a funcionar na Covilhã o valor é de 350 euros. O edifício terá seis pisos acima do solo e dois de cave. A maioria dos quartos é do tipo individual, mas haverá duplos e estúdios. O terreno tem 3100 metros quadrados, mas 969 deles serão cedidos ao município de Braga para zonas públicas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG