Braga

Ricardo Rio à conquista do terceiro mandato 

Ricardo Rio à conquista do terceiro mandato 

O atual presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio, vai recandidatar-se à liderança da autarquia pela coligação PSD/CDS-PP/PPM/Aliança, cumprindo o terceiro e último mandato, caso seja, mais uma vez, vencedor das eleições. O social-democrata, que aumentou a votação entre 2013 e 2017 (de 46,71% para 52,06%) terá que enfrentar uma oposição composta por diferentes rostos em relação ao último sufrágio.

O PS, que há quatro anos escolheu Miguel Corais como candidato, avança agora com o deputado Hugo Pires, o primeiro a entrar em pré-campanha eleitoral, com cartazes espalhados um pouco por toda a cidade. O nome foi escolhido pela direção nacional do partido, com base numa sondagem que colocava o deputado como preferido, deixando de fora Artur Feio, atual vereador e presidente da comissão política concelhia do PS de Braga.

Já a CDU avança à Câmara Municipal com Bárbara Barros, que assumiu recentemente o lugar de vereadora, depois de Carlos Almeida deixar o lugar vago, alegando ter menos disponibilidade por motivos pessoais e profissionais. A assessora de comunicação pretende retirar a maioria à coligação de direita, reforçando a votação dos últimos anos, que já era ascendente. Em 2017, Carlos Almeida conseguiu 9,61%. Foram mais 712 votos do que nas eleições de 2013.

Do lado do BE, Alexandra Vieira é a cabeça-de-lista, substituindo Paula Nogueira, que se candidatou em 2017 e alcançou 4,84% dos votos. Sem qualquer eleito no Executivo de Braga, a deputada da Assembleia da República tem a tarefa de conseguir marcar presença na vereação, atualmente composta por sete elementos da coligação PSD/CDS-PP/PPM, três do PS e um da CDU.

O Chega apresenta-se pela primeira vez às eleições autárquicas com Eugénia Santos, mais conhecida por Jenny. A personal trainer de Braga conta com "todos os descontentes" dos restantes partidos para tirar a maioria absoluta a Ricardo Rio.

Também o PAN estreia-se com um candidato em Braga. Rafael Pinto, 25 anos, natural de Celorico de Basto, espera votos suficientes para representar o partido no Executivo Municipal.

PUB

A farmacêutica Olga Baptista, 45 anos, dá a cara pela Iniciativa Liberal.

Teresa Mota, 57 anos, responsável por uma empresa de serviços geológicos, é a cabeça-de-lista do Livre.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG