Premium

Universitários de Braga contra ensino à distância

Universitários de Braga contra ensino à distância

Inquérito nas redes sociais demonstra que alunos estão "descontentes". Lançada petição a pedir fim deste modelo no próximo ano letivo.

Milhares de estudantes da Universidade do Minho (UMinho) revelaram estar insatisfeitos com as aulas do ensino à distância que estão a ser adotadas na instituição, desde o início de março, altura em que se registou o primeiro caso positivo de covid-19 no campus de Gualtar, em Braga.

Num inquérito feito nas redes sociais, a que responderam cerca de 3000 alunos, 62% dizem estar "descontentes". Entretanto, já corre uma petição online a pedir o fim deste modelo no próximo ano letivo. A reitoria responde que tem "consciência da necessidade de realizar melhorias" (ler caixa ao lado).