O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Vão nascer casas ecológicas e de partilha em Braga

Vão nascer casas ecológicas e de partilha em Braga

Cooperativa vai criar aldeamentos com espaço para 38 famílias. Terão hortas e até um forno comunitário.

Para dar resposta às dificuldades de arrendamento no mercado convencional, a cooperativa bracarense ECG vai fazer nascer, em freguesias periféricas de Braga, três aldeamentos sustentáveis e cooperativos, num total de 38 habitações. A expectativa é que, ainda este ano, as primeiras 12 casas modulares, à base de madeira, possam ser instaladas num terreno em Pousada. As restantes devem estar concluídas em dois anos, após um investimento superior a três milhões de euros.

Foi na disciplina de Cidadania da Universidade Sénior da ECG que os responsáveis perceberam que era preciso procurar soluções para as famílias "com problemas" em encontrar casas a preços acessíveis, conta Manuel Moura, presidente da cooperativa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG