Mau tempo

Agitação marítima deixa habitação em risco em Esposende

Agitação marítima deixa habitação em risco em Esposende

A forte agitação marítima destruiu, esta segunda-feira, uma casa desabitada no Lugar das Pedrinhas, em Apúlia, Esposende.

O caso está a ser acompanhado pela autarquia, uma vez que uma outra habitação, com uma família de seis pessoas, está em risco de ruir.

"Está em vista um projeto financiado pelo Fundo Ambiental para reabilitar toda aquela zona, realojando os restaurantes e habitações que ali existem", afirmou, à Lusa, o presidente da Câmara, Benjamim Pereira.

PUB

O autarca ressalva, ainda, que aquelas construções são ilegais. A zona é composta, em grande parte, por espaços de apoio aos pescadores. "São locais onde guardam as redes e outros materiais de pesca, mas não deixam de ser construções feitas em cima da areia", dizem algumas testemunhas do incidente no local.

Devido à agitação marítima, as barras de Vila Praia de Âncora, Caminha, Esposende, Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Ericeira e Cascais estão fechadas a toda a navegação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG