O Jogo ao Vivo

Autárquicas 2021

Troca de acusações entre PS e PSD aquece campanha em Esposende

Troca de acusações entre PS e PSD aquece campanha em Esposende

Uma troca de acusações entre PS e PSD está a aquecer a campanha eleitoral em Esposende. Os socialistas acusam, nas redes sociais, António Neves, o número dois da União de Freguesias de Esposende, Marinhas e Gandra, de utilizar a carrinha da Junta para fins pessoais.

Num texto assinado pelo presidente da comissão administrativa do PS, Tito Evangelista, é dito que António Neves chegou na carrinha por volta das 14 horas e estacionou nas imediações do hospital de Esposende e, por volta das 17.30 horas, regressou à viatura. "Quando se apercebeu que estava a ser observado, voltou atrás apressadamente e refugiou-se dentro do hospital, enquanto falava ao telemóvel, tendo-lhe sido mais tarde trazida a sua viatura pessoal, para se ir embora", pode ler-se no comunicado.

Na resposta, também através das redes sociais, o PSD lamenta que os socialistas recorram "sistematicamente à mentira, ao insulto e ao ataque pessoal". Os sociais-democratas defendem António Neves, lembrando que a sua "honorabilidade é inatingível", já que o trabalho como autarca "é sufragado pelos Gandrenses há mais de 35 anos".

Para o PSD, "difamar pessoas sérias" é uma "tentativa de distrair os mais desatentos, para a completa ausência de conteúdo do seu programa e dos seus candidatos".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG