Exclusivo

Guimarães: os polícias dos rios estão de volta

Guimarães: os polícias dos rios estão de volta

O ofício de guarda-rios está novamente ativo, através de um projeto que Guimarães tem em curso para diminuir os focos de poluição das linhas de água do concelho. Depois de extintos no século XX, os guarda-rios voltam às margens dos rios Ave e Selho.

Os guarda-rios de Guimarães começaram a trabalhar no início desta semana, com a missão de preservar e proteger os cursos hídricos do concelho, designadamente o rio Ave e o rio Selho, mas também os respetivos afluentes e margens. O objetivo é que promovam o contacto com as pessoas, sensibilizando-as para a proteção dos rios, com especial atenção a comportamentos inadequados.

Para além disso, os guarda-rios verificam se existem ligações ilegais de saneamento e deposições ilegais de resíduos, para serem comunicadas às entidades competentes. Garantem ainda que o leito e as margens dos rios se encontram devidamente limpos, identificando terrenos que careçam de limpeza e desobstrução das linhas de água.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG