Exclusivo

Guimarães rejeita corrigir obra de Siza por dois milhões de euros

Guimarães rejeita corrigir obra de Siza por dois milhões de euros

Parque de Guimarães sem acesso a mobilidade reduzida soma problemas há 15 anos. A Oposição critica a inércia da Câmara Municipal.

Os cidadãos com mobilidade reduzida que estacionam no parque da Mumadona, junto ao Palácio da Justiça e à Câmara de Guimarães, não têm como sair do parque se estiverem sozinhos pois a única rampa que têm é a dos carros, íngreme, que vai ter à estrada. Álvaro Siza Vieira, autor do projeto, apresentou uma solução, mas a Câmara (PS) rejeitou por custar cerca de dois milhões de euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG