Acidente

Colisão frontal faz cinco feridos, dois deles graves, em Guimarães

Colisão frontal faz cinco feridos, dois deles graves, em Guimarães

Um acidente entre dois automóveis que colidiram de frente fez cinco feridos, dois deles graves, esta sexta-feira à tarde, na fronteira entre a freguesia de Barco e a vila de Caldas das Taipas, no concelho de Guimarães.

Às 16.30 horas, grande parte dos meios de emergência ainda permanecia no local a prestar socorro às cinco vítimas. Os sinistrados mais graves são dois homens, de 41 e 70 anos. Os feridos leves são um homem de 86 anos e duas mulheres, de 30 e 38 anos.

Os Bombeiros Voluntários das Taipas foram alertados às 15.41 horas e mobilizaram doze elementos em seis veículos. No local também estava a GNR das Taipas e a Viatura Médica de Emergência e Reanimação. Depois de socorrerem as vítimas, os Bombeiros transportaram-nas para o Hospital de Guimarães.

O acidente deu-se na zona da Rabata, no cruzamento que dá acesso à Revenda, em Caldas das Taipas. Os carros são um Mercedes C220 de matrícula belga e um automóvel da mesma marca, modelo E220, de matrícula portuguesa.

As autoridades ainda estão a investigar as causas do acidente mas, ao que tudo indica, a tentativa do carro português para entrar num cruzamento terá estado na origem da colisão. O condutor do automóvel belga ainda tentou evitar o acidente mas sem sucesso.

A Estrada Nacional 310, que liga Caldas das Taipas à Póvoa de Lanhoso, esteve condicionada durante cerca de duas horas. Apesar de ser por aquela estrada que passou a Volta a Portugal em bicicleta, a zona onde se deu o acidente não estava no percurso dos ciclistas.

ver mais vídeos