Guimarães

Mulher morreu ao cair da varanda quando limpava as persianas

Mulher morreu ao cair da varanda quando limpava as persianas

Uma conhecida cabeleireira de Guimarães morreu, esta terça-feira de manhã, após ter caído da varanda do prédio onde vivia, na Avenida D. Afonso Henriques, perto do centro da cidade de Guimarães.

De acordo com uma vizinha, a mulher "estava a limpar as persianas da varanda", apoiada num banco, quando se desequilibrou e caiu. A queda, do segundo andar, revelou-se fatal.

Os Bombeiros Voluntários de Guimarães foram alertados às 7.36 horas. No local esteve a Viatura Médica de Emergência e Reanimação, mas já não foi possível salvar a vítima e o óbito foi declarado no local.

A vítima é Maria das Dores, também conhecida por "Quinhas", que era uma conhecida cabeleireira daquela zona de Guimarães. Tinha o salão de cabeleireira em casa, onde morava com o marido, que não se apercebeu da queda da mulher.

A mesma vizinha contou ao JN que "foi um homem que ia a passar na rua que deu o aviso" imediatamente após a queda.

Na Avenida D. Afonso Henriques ainda era possível ver, esta terça-feira ao final da manhã, parte da persiana levantada e o banco utilizado por Maria das Dores. O vidro da varanda também ficou estalado na sequência da queda.

A PSP tomou conta da ocorrência e está a investigar as circunstâncias em que se deu a queda fatal.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG