Autárquicas

PSD/CDS-PP vence "desempate" para união de freguesias em Guimarães

PSD/CDS-PP vence "desempate" para união de freguesias em Guimarães

A coligação Juntos por Guimarães (PSD/CDS-PP) venceu, este domingo, a repetição da eleição para a União de Freguesias de Sande Vila Nova e Sande São Clemente, no concelho de Guimarães, depois do empate verificado em 26 de setembro.

A lista encabeçada por Tiago Rodrigues recolheu 1.166 dos 2.200 votos (53% do total) e elegeu cinco dos nove mandatos que compõem a Assembleia de Freguesia, superando os resultados das candidaturas do PS, de Lucinda Oliveira, que obteve 961 votos (43,68%), e da CDU, liderada por José Mendes, que contabilizou 42 votos (1,9%), apurou a Lusa junto de um responsável de uma das mesas eleitorais

Os votos brancos foram 16 (0,7%) e os nulos 15 (0,68%) num sufrágio com uma taxa de abstenção de 31,29%, inferior à de 26 de setembro, dia das eleições autárquicas, em que foram às urnas 1.989 dos 3.202 inscritos - abstenção de 37,88%.

Em 26 de setembro, o PS foi inicialmente declarado vencedor da eleição para a Assembleia de Freguesia, depois de ter alcançado 893 votos (44,90%) contra 892 da coligação PSD/CDS-PP, mas a análise de alguns votos considerados nulos pelo Tribunal Judicial de Guimarães determinou, em 30 de setembro, o empate entre as duas listas e a consequente repetição da eleição.

Com o resultado apurado este domingo, o poder na União de Freguesias de Sande Vila Nova e Sande São Clemente passa a ser detido por outra força política, já que, nos últimos quatro anos, foi presidida pelo socialista Bruno Oliveira.

O resultado também permite à coligação Juntos por Guimarães governar 12 freguesias no concelho, igualando o número alcançado em 2017.

PUB

Já o PS, força que governa a Câmara Municipal de Guimarães com maioria absoluta desde 1989, detém as restantes 36 freguesias, à semelhança dos últimos quatro anos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG