Guimarães

Queda de cinco metros mata operário

Queda de cinco metros mata operário

Um operário da construção civil morreu, esta quinta-feira à tarde, após sofrer uma queda de cinco metros na obra do novo edifício de fisioterapia das Termas das Taipas, em Guimarães. O homem, de 46 anos, não resistiu aos ferimentos na cabeça resultantes da queda.

Os Bombeiros das Taipas foram alertados através do Centro de Orientação de Doentes Urgentes, às 15.20 horas. Mobilizaram uma ambulância com três elementos mas já nada puderam fazer, adiantou o comandante da corporação, Hermenegildo Abreu. "Prestámos os primeiros socorros à vítima, que foi transportada para o Hospital de Guimarães, mas acabou por falecer", disse.

As obras começaram há um mês e meio, ficam prontas em junho do próximo ano e estão orçadas em 3,2 milhões de euros. Ao que o JN apurou, o operário é residente no concelho de Póvoa de Lanhoso.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG