Covid-19

Póvoa de Lanhoso compra mil testes para utentes e funcionários de lares e IPSS

Póvoa de Lanhoso compra mil testes para utentes e funcionários de lares e IPSS

O Município da Póvoa de Lanhoso comprou mil testes de diagnóstico de Covid-19 a dois laboratórios nacionais, por 100 mil euros, para serem realizados, a partir desta sexta-feira, a utentes e funcionários dos lares e IPSS do concelho.

O presidente da Câmara adiantou ao JN que, dada a demora para a realização das análises de despiste no Serviço Nacional de Saúde, decidiu avançar, por sua responsabilidade, com a realização de testes, que serão feitos, em princípio, na própria sede do concelho, sendo que, em alguns casos, os profissionais e utentes dos lares terão de se deslocar a um concelho vizinho, ainda não indicado.

"Já tinha feito saber publicamente que os povoenses não iam esperar semanas pela realização de testes de despiste da Covid-19 nos lares e IPSS do concelho", disse Avelino Silva.

Na quinta-feira, um grupo de cinco autarcas da zona do Cávado e Ave enviou uma missiva ao Governo protestando contra a falta de testes na região Norte.

Avelino Silva salienta, a propósito, que, "para esta medida e para o apoio aos comerciantes, indústrias, restauração, famílias e IPSS, na redução da fatura dos serviços de água, saneamento e recolha de resíduos urbanos, o Município disponibiliza, não só as verbas orçamentadas nas Festas de S. José, mas todos os recursos necessários para a defesa dos povoenses".