Proteção Civil

Póvoa de Lanhoso monta rede de armadilhas para a vespa asiática

Póvoa de Lanhoso monta rede de armadilhas para a vespa asiática

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso encoraja os apicultores a colocarem armadilhas junto dos apiários, como complemento às colocadas pelos serviços da Câmara Municipal. Além disso, apela à construção de armadilhas artesanais, pela população, para pôr nos jardins.

Segundo os Serviços Municipais de Proteção Civil da Póvoa de Lanhoso, a captura das vespas fundadoras, com recurso a armadilhas, continua a ser o método mais eficaz e económico para controlar a propagação da espécie. No âmbito da candidatura "Deteção e Combate à espécie exótica invasora vespa velutina na Comunidade Intermunicipal do Ave", do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), o município encontra-se a montar uma rede de armadilhas por todo o concelho.

A implementação desta rede de armadilhas será efetuada em três fases. A primeira, relativa à colocação destes dispositivos pelo município, está praticamente concluída. Na segunda, o objetivo é envolver os apicultores, sensibilizando-os para a colocação de armadilhas nas proximidades dos apiários. A terceira fase, passa pela inclusão de toda a população na luta, incentivando a colocação de armadilhas "caseiras" nos jardins.

Os apicultores, com apiários ativos, podem obter armadilhas contactando os Serviços Municipais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG