Exclusivo

Equipa de busca e resgate da GNR em permanência no Gerês

Equipa de busca e resgate da GNR em permanência no Gerês

Posto instalado em Terras de Bouro, em junho, conta com 16 militares da GNR e funciona 24 horas por dia.

O Parque Nacional da Peneda-Gerês passou a contar, desde junho, com um posto de busca e resgate em montanha da GNR, que funcionará todo o ano, 24 horas por dia, à semelhança do que já acontece na serra da Estrela e na Madeira. Ao todo, são 16 militares preparados para acudir visitantes e turistas que se perdem na montanha ou sofrem acidentes nas cascatas, ao mesmo tempo que sensibilizam a população para comportamentos de risco.

Com sede na vila do Gerês, em Terras de Bouro, a equipa acolhe elementos que faziam parte da Unidade de Emergência de Proteção e Socorro (UEPS) da GNR que, nos últimos anos, durante os meses de verão, já eram chamados para patrulhar as zonas mais turísticas, como a cascata Fecha de Barjas, um dos pontos negros em relação aos acidentes (ver caixa ao lado). Foi aqui que, ontem, André Miguel, com 14 anos, aceitou o desafio de participar num exercício da equipa de resgate, minutos depois de, confessa, "ter escorregado" nos penedos. "Eu avisei-o para não ir de chinelos. Já sabia que isto era perigoso", atira o pai, Joaquim Vieira, já depois do simulacro que captou a atenção dos presentes.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG