Terras de Bouro

Mulher retirada de helicóptero após queda em trilho do Gerês

Mulher retirada de helicóptero após queda em trilho do Gerês

Uma mulher foi retirada de helicóptero de um trilho difícil do Gerês após sofrer ferimentos num dos membros inferiores após uma queda, esta quinta-feira.

Ao passar numa linha de água, a mulher escorregou, tendo sofrido ferimentos num dos membros inferiores. A vítima percorria o Trilho do Pé do Cabril, em Vilar da Veiga, no Parque Nacional da Peneda-Gerês.

A mulher, que integrava um grupo de oito pessoas, foi resgatada pelos Bombeiros Voluntários de Terras de Bouro. Apresentava suspeitas de uma fratura num tornozelo e seguiu num helicóptero do INEM para o Hospital de Braga.

"Fizemos 3,5 quilómetros a pé até ao local. Um trilho muito difícil, que nem cabras andam bem", contou ao JN o subchefe dos bombeiros Voluntários de Terras de Bouro, Luciano Martins. "Era quase impossível trazer a vítima numa maca. Foi aí que pedimos o meio aéreo", acrescentou.

"Tivemos sorte que o helicóptero aterrou mesmo ao lado do trilho", de sete quilómetros e considerado de dificuldade média a elevada pelos especialistas. "Se não fosse o heli a esta hora [23 horas] ainda lá estávamos", acrescentou Luciano Martins.

Os Bombeiros de Salto e de Montalegre também foram acionados para o mesmo sinistro, que terá ocorrido cerca das 15 horas. Mas só às 17.15 horas foram contactados os Voluntários de Terras de Bouro, quem estava mais perto da mulher acidentada. A vítima chegou ao hospital de Braga, de helicóptero, cerca das 20 horas desta quinta-feira.

Os Bombeiros Voluntários de Terras de Bouro deslocaram seis elementos e duas viaturas, com o apoio de uma patrulha do Posto Territorial da GNR da Vila do Gerês.

* com Sandra Freitas